Feliz 2018 – mensagem da ALTA

Olá a todos!

2017 se foi, porém deixou grandes lições para a ALTA. Como a grande maioria das empresas de engenharia, viemos de uma profunda crise em 2016, com quedas nas receitas e necessidades de medidas drásticas. Reduzimos o nosso time, enxugamos ao máximo os custos, cortamos investimentos, renegociamos contratos com parceiros e fornecedores, ficamos um monte de noites sem dormir, mas decidimos seguir em frente. Sim, pois o que estava em questão na época era se parávamos por ali, ou se assumiríamos riscos enormes diante de um mercado destruído e um país face a uma das maiores crises desde o seu descobrimento. Praticamente uma tragédia anunciada.

Contudo, o que nos deu gás para seguir em frente ocorreu no último trimestre de 2016, quando, depois de um grande esforço comercial e, principalmente, boas referências e excelentes serviços prestados para determinados clientes, obtivemos um pacote de contratos na área de aterros de disposição de resíduos. Serviços de consultoria e projetos de longo prazo, com receitas recorrentes, e que nos dariam uma segurança para nos mantermos vivos no ano seguinte. Com isso, trouxemos de volta grande parte da equipe que tivemos que nos desfazer e pudemos nos preparar melhor para o futuro.

E assim entramos em 2017, com uma grande vontade de virar o jogo! Com os principais contratos garantidos, nos estruturamos melhor e retomamos a busca por novas receitas. Mudamos um pouco o modelo de trabalho e nos adequamos ao novo cenário brasileiro. Nos esforçamos demais, soubemos trabalhar como um verdadeiro time, com profissionais bem entrosados, passando a bola redonda para os colegas, resguardando a defesa e atacando com inteligência.

Ao final, constatamos que a decisão tomada em 2016 valeu à pena. Os números atuais mostram que, de fato, a ALTA teve um grande ano:

  • Nossos serviços atingem, hoje, 35% dos resíduos dispostos diariamente em aterros sanitários no Estado do RJ e 50% de Pernambuco
  • No total, passamos a trabalhar com quase 16.000 toneladas diárias de resíduos domiciliares e industriais nos estados do RJ, PE, SP e MG
  • Ao longo do ano, além dos monitoramentos e projetos de aterros, também elaboramos projetos de dutos, contenção de taludes, fundações e drenagem, fizemos estudos de dam break, instrumentamos e monitoramos uma barragem, e prestamos consultorias diversas em todo o Brasil
  • Obtivemos os maiores faturamento e indicador EBITDA de toda a história de 7 anos da ALTA, crescendo quase 80% em relação a 2016
  • Conseguimos reduzir proporcionalmente as despesas operacionais
  • Chegamos a um índice de sucesso de cerca de 50% em relação às propostas técnicas e comerciais emitidas no ano, também um recorde histórico

Mas o melhor de tudo foi que plantamos boas sementes para serem cultivadas e colhidas num plano que vai até 2020. Este 2018, portanto, promete ser ainda melhor do que o anterior. Um ano de consolidação nos mercados atuantes e de aceleração em novos negócios por meio de tecnologias como drones, realidade aumentada, BIM e soluções para resíduos. Para tal, estamos firmando convênios de cooperações técnica e comercial com parceiros que confiam em nossos projetos e que estão alinhados aos nossos valores. E o nosso time, o maior ativo da ALTA, se mostra cada vez mais experiente, qualificado e capaz de buscar as soluções de engenharia mais econômicas e seguras para os desafios geoambientais que se apresentam nos ativos e patrimônios dos nossos clientes.

E é com esse espírito de boas energias e de um ano vitorioso que eu gostaria de desejar um feliz 2018 a todos e deixar uma mensagem aos nossos colaboradores, parceiros e clientes, sejam eles atuais, potenciais ou futuros: confiem na ALTA e vamos em frente!

Um abraço, Álvaro Viana.